quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Passando na cara...

Terminei "Putas assassinas", do Roberto Bolaño. O cara escrevia terrivelmente bem mas se me pedissem para definir, diria que é uma literatura de macho. Acho que pela quantidade de vezes que li "passava-lhe na cara".

Nenhum comentário:

Postar um comentário